CFO unifica eleições e mandatos dos Conselhos Regionais

Você sabia que o Conselho Federal de Odontologia (CFO) unificou as eleições e os mandatos dos Conselhos Regionais de Odontologia em todo o Brasil? O Amapá também terá que se adaptar à resolução 213/2019.

De acordo com o CFO, o atual plenário do CRO Amapá fica designado para o exercício do mandato entre 04/08/2020 a 31/12/2021. Todos os Estados terão que se adequar à resolução.

Assim, o CFO busca maior credibilidade e acreditação por parte da categoria com o novo formato. A iniciativa prevê economia para a administração pública, certame único para todos os CROs, maior segurança jurídica no processo eleitoral, que poderá ser auditado em tempo real; além promover maior transparência e eficiência na fiscalização e prestação de contas do Sistema Conselhos, com base nos critérios de economicidade.

De acordo com o Presidente do CFO, Juliano do Vale, a iniciativa foi pensada para otimizar todo o trâmite que envolve as eleições. “Como temos 27 Regionais, todo mês acompanhamos a eleição e posse de um ou mais CRO. O novo modelo pretende, também, diminuir questionamentos e ações judiciais ingressadas nesse contexto. Vale ressaltar que o trabalho desenvolvido pelo Sistema Conselhos não sofrerá qualquer tipo de prejuízo nesse período transitório do novo Processo Eleitoral”, esclareceu.

De acordo com a Procuradoria Jurídica do CFO, não há nenhum impeditivo legal por parte do Tribunal de Contas da União (TCU) para validar a implementação do novo processo eleitoral nos Conselhos Regionais. Além disso, importante ressaltar que a legislação vigente que institui os Conselhos de Odontologia, a Lei nº 4.324/64, assegura que é competência do Conselho Federal de Odontologia baixar provimentos e expedir instruções, para uniformidade de procedimento e bom funcionamento dos Conselhos Regionais.

.

Compartilhe: