Operação Exodontia no Amapá retira de circulação profissionais ilegais e irregulares

Ação foi realizada conjuntamente com o Procon, Decon e Vigilância em Saúde

O Conselho Regional de Odontologia do Amapá (CRO/AP) realizou na quarta e quinta-feira (23 e 24), a Operação Exodontia em parceria com o Procon, a Delegacia do Consumidor e a Vigilância em Saúde. Mais de 15 estabelecimentos foram visitados em Macapá e Santana.

O objetivo da ação conjunta foi retirar de circulação profissionais ilegais e irregulares. Duas pessoas foram conduzidas ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval, por exercício ilegal da função. No município de Santana, uma clínica foi autuada por utilização de produtos e medicamentos com prazo de validade vencido.

Durante a operação, foi verificado se as clínicas de odontologia estão atendendo a requisitos básicos para funcionamento, como licença; profissionais habilitados e registrados no CRO; estrutura física e equipamentos adequados; condições sanitárias e leis consumeristas previstas no Código de Defesa do Consumidor (CDC), entre outros.

Para a presidente do CRO Amapá, Patrícia Lenora, a ação busca, principalmente, proteger a sociedade dos falsos profissionais e dos estabelecimentos que não seguem as exigências necessárias.

.

Compartilhe: